1.5.11

MÁRIO QUINTANA


-E um dia os homens descobrirão que esses discos voadores estavam apenas estudando a vidas dos insetos...(ADOREI!!!)


-O passado não reconhece o seu lugar: esta sempre presente.(VERDADE)

-O pior dos problemas da gente é que ninguém tem nada com isso.(TAMBÉM ACHO!)

-O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo...

-Reflexão de Lavoisier ao descobrir que lhe haviam roubado a carteira: nada se perde, tudo muda de dono.(Ótima)

-Sempre me senti isolado nessas reuniões sociais: o excesso de gente impede de ver as pessoas...

-O Eterno Espanto
Que haverá com a lua que sempre que a gente a olha é com o súbito espanto da primeira vez?(Verdade...)

-DOS MUNDOS
Deus criou este mundo. O homem, todavia,
Entrou a desconfiar, cogitabundo...
Decerto não gostou lá muito do que via...
E foi logo inventando o outro mundo.

-Despertador é bom para a gente se virar para o outro lado e dormir de novo.(EU SEI DISSO...RSRSRS)

-Copio e assino essa frase encontrada no velho Schopenhauer: "A soma de barulho que uma pessoa pode suportar está na razão inversa de sua capacidade mental".(NEM TINHA PENSADO NISSO, VERDADE)

-"Não me ajeito com os padres, os críticos e os canudinhos de refresco: não há nada que substitua o sabor da comunicação direta".

-BORBOLETAS

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de
se decepcionar é grande.

As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.

Temos que nos bastar... nos bastar sempre e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.

As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.

Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.

O segredo é não cuidar das borboletas e sim cuidar do jardim para que elas venham até você.

No final das contas, você vai achar
não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!

3 comentários:

O Ruminante disse...

Ok, eu concordo totalmente com o Mário, não passamos de insetos (se é que ele quis dizer isso :D )

Abraços

Imac by Artes disse...

Minha querida! Isso é muito lindo!
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.
E assim vamos, dividindo nossas alegrias.
Grande Abraço!

La sonrisa de Hiperión disse...

Como siempre amiga pasear entre tus cosas es una maravilla...

Saludos y un abrazo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...