20.3.12

PEDINTES EM ÔNIBUS


Ai,será que estarei no inferno por  negar esmola?
Bom, minha vida é andar por essa cidade_que amo demais da conta!_em ônibus.
É divertido, chega a ser sim senhor!Basta observar os detalhes de uma viagem, é legal até, sem mal humor.
Até aí sim, mas...pedintes, mendicância.
Uma vez vai lá, você nem desconfia, mas acontecer o mesmo todos os dias da semana...ai sim você se pergunta:
_Tá pegando?
É assim:Bem limpa e educada a figura entra no ônibus e deixa claro e evidente que pagará a passagem como todos os outros e começa a choramingação.Usa argumentos que deixam pra lá de sensibilizados os passageiros...pronto!
Peço á Deus que me perdoe de nem mesmo ouvir os pedintes, não sei se são verdadeiras as histórias que eles contam, mas nego em dar dinheiro, nem mesmo uma moedinha.
Existem os mendigos verdadeiros, aqueles de rua, sem máscaras, reais e os pedintes limpos e arrumados que andam de ônibus em ônibus, pagam passagem e tem todas as documentações e até endereço fixo, chic, não é?Como já citei,não sei a veracidade das choramingações,podem ser que sejam verdadeiras, mas na minha opinião alguns agem de má fé,sei lá!
Tem um caso bem interessante da faxineira que adquiriu um apartamento de frente para o mar.Isso na base da faxina e muita dignidade e amor pelo que faz.LEIA O CASO AQUI, Ó.

7 comentários:

remall disse...

Rose , se não deer dinheiro é ter a porta do inferno aberta eu tô perdida.kkkk
Dinheiro eu não dou e nem nunca dei.Alguém te dá dinheiro ??? se vc não trabalhar , ninguém te dá.
Definição de dinheiro : moeda de troca.
Portanto, vc trabalha para mim e eu te pago(te dou o dinheiro).
Quem me pede eu sempre pergunto; tá com fome ? pago a comida.
Quer remédio ? vou na farmácia
e assim, por diante.
Faço muita caridade, muita mesmo,
Pinto creche, faço doações, festa na escola rural,material de escola, material de higiene para asilo e etc,etc,etc.
Agora dinheiro, real, dimdim...
difícil arrancar da minha carteirinha.

das coisas da déia disse...

Esse assunto veio bem a calhar , você acredita Rose que um mendigo que passa aqui na minha rua e eu sempre dou alimento tentou entrar em minha casa ontem quando eu estava na escola, e só meus filhos estavam em casa?Ele só não entrou porque os vizinhos sairam todos pra fora, e por pouco ele não foi agredido, tenho certeza que ele ficará um bom tempo longe daqui, e eu amiga nunca mais darei esmola, fazer oque né , bjs Déia.

Juliana Nascimento disse...

E Rosinha!
Você tem toda razão. Outro dia encontrei com o mesmo pedinte na ida e na volta pra casa! Se for se comover com esse povo, tem que sair com no minímo 50 conto pra doação todo dia! kkkkkk.

Beijos cheios de saudades!
Jú!

Imac by Artes disse...

Concordo contigo e com todos os amigos. Existem muitos trabalhos pequenos os quais não temos um tempo para realizá-los... Propõe um troca, o que é justo. Já encontraram alguém que aceitasse?
Duvido. Por isso não os ajudo com dinheiro.
Abraços! Tudo de bom pra ti.

Ela disse...

Também não dou esmola, nenhuma. Não acho certo. Beijocas!

Ela disse...

Ah, Rose, e suas jabuticabas?

modern living room disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...