21.7.08

LEI SECA.


1- Quanto de álcool é permitido beber antes de dirigir com a mudança?
Nada.

2- Quanto tempo o álcool permanece no sangue após o consumo e depois de quanto tempo o motorista poderá dirigir?
Um copo de cerveja demora cerca de seis horas para ser eliminado pelo organismo. Uma dose de uísque, que é bem mais forte do que a cerveja, demora mais tempo do que isso. O mais garantido é que o motorista possa dirigir depois de 24 horas. Se estiver de ressaca e com sintomas provocados pela grande quantidade de álcool consumida, o melhor é ficar em casa. Este é o momento em que o álcool começa a ser tóxico e permanece no corpo por mais tempo.

3- Como o índice de álcool no organismo do motorista vai ser verificado?
De três maneiras: O bafômetro e o exame de sangue são mais sensíveis para detectar dosagens alcoólicas. O exame clínico é menos sensível para a dosagem, mas serve para indicar sinais de embriaguez como olho vermelho, alegria excessiva e falta de coordenação motora, por exemplo.


4- Quando não há bafômetros disponíveis no local da fiscalização, o motorista é obrigado a fazer exame de sangue?
Se o policial tiver indícios fortes de embriaguez do motorista, com testemunhas, por exemplo, ele pode exigir, sim, uma amostra do sangue ou a chamada de um médico para diagnosticar a embriaguez. A ausência do bafômetro, no entanto, pode permitir o questionamento da identificação da embriaguez. O policial precisa ter evidências de que o motorista está embriagado para requerer o exame de sangue ou o exame clínico no motorista.

A pessoa pode se recusar, mas o policial também pode exigir que o motorista seja examinado por um médico-perito.

5- O uso de medicamentos pode alterar o resultado do exame do bafômetro?
Só se o medicamento tiver álcool em sua composição. Depende também da quantidade ingerida e da dosagem do medicamento.


6- A bebida alcoólica usada no preparo de uma sobremesa pode ser detectada no exame de sangue ou no bafômetro?
A quantidade é menor, mas também será detectada pelo exame de bafômetro e de sangue.

7- A lei vale para todos os motoristas e em qualquer lugar?

A lei vale para qualquer condutor e em qualquer lugar onde puder circular um veículo. A fiscalização será feita tanto por policiais rodoviários federais como por policiais militares. Quando existir convênios na área da segurança, guardas municipais e policiais civis também poderão fazer a fiscalização.

8- A ‘lei seca’ pretende reduzir acidentes no trânsito?
A lei dá uma segurança maior sobre a questão do trânsito, mas é falha quando se fala sobre o bafômetro. Antes de entrar em vigor, todos os pontos de fiscalização e os policiais responsáveis por este trabalho deveriam ser melhor equipados. A fiscalização tem de ser permanente.

A grande questão é saber se a polícia vai ter condições de fiscalizar um número maior de pessoas. Acho que a própria polícia vai modular essa fiscalização, usando o bom senso. Se fizer uma blitz em uma grande avenida de São Paulo, por exemplo, em dias de fim de semana, vai pegar muita gente embriagada.

ADORO QUANDO ACHO PESSOAS QUE CONCORDAM COMIGO:TOMARA QUE ESSA "LEI SECA" PEGA PRÁ VALER.FICO REVOLTADA QUE EXISTEM PESSOAS QUE ESTÃO TENTANDO MOSTRAR QUE PODEM BEBER E DIRIGIR,TIPO ASSIM:BEBO O QUANTO QUIZER E NÃO VAI SER UMA LEIZINHA QUE VAI ME PROIBIR.TUDO ERRADO, A POLÍCIA PEGA E VAI EM CANA DEVIDO A CANA.
PARECE ENGRAÇADO MAS NÃO É.SOMENTE AS PESSOAS DE BOM SENSO E QUE RESPEITAM A VIDA É QUE ESTÃO FAZENDO VALER ESSA NOVA LEI 11.705,QUE ALTERA O CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO.
RADICAL?SIM,MAS TEM POVOS QUE SÓ APRENDEM NA BASE DA RADICALIDADE E MESMO ASSIM DÁ UM TRABALHO DANADO PARA A JUSTIÇA!
pronto, falei.É do contra?Pede prá sair.

10 comentários:

Espaço do João disse...

Querida Rose.
A responsabilidade das pessoas mede-se pelo seu estado cívico. Eu costumo beber um copo de vinho às refeições, mas só bebo mais alguma coisa quando não saio de casa. Que pena eu tenho não haver um policial em cada esquina. Também uma coisa que me revolta é verificar que cada vez mais as gentes levam o carro para tudo que é sitio e, se pudessem até dormiam com ele na cama. Páram onde querem e lhes apetece, fazem todas as asneiras possíveis e, imaginárias depois ainda se arrogama blasfemar o pobre cidadão que está correto. Para os alcoólicos e os fora da lei o melhor seria interdi-los de conduzir e retirar-lhes o título de condução.Já conduzo há 45 anos, e infelizmente tenho assistido a acidentes mortais nas estradas causados não só por estes motivos mas pior ainda pelos jovens que logo que se apanham com o título na mão, pensam que não estão presente com uma arma mortífera. Quanto à Renata, acabei por verificar que vocês já se conheciam . Recebi notícias dela que fiquei ilucidado. Espero que ela tenha força suficiente para etar muitos anos entre nós. Beijos papai João.

Sahmany disse...

Oooops! hic... pedi pro (hic) motorissssta me drazer (hic) viu?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Oi amore! nusss, tu hoje tá que tá!
Mas tá certa! Certíssima aliás, é por aí mesmo, só radicalizando.
Eu não bebo picirica nenhuma de bebida alcoólica, gosto de comer, não de beber, a não ser refrigerante, sucos. Pra mim não mudou nada né? Mas há que se pensar nos outros. Muitas coisas horríveis aconteceram e continuam acontecendo por conta da bebida alcoólica e tb por causa da irresponsabilidade de uns e de outros. Então, só impondo medidas assim, pra ver se essa turma se toca.
Beijos e boa terça pra tu amiga.

ps. ah, tem um "lançamento" especial lá em casa. V~e lá se tu já tá precisando de uma daquelas.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Eu já tô na fila viu? hehe

cris disse...

Concordo com a lei, mas ainda acho que a formação de motoristas é muito fraca e nós brasileiros sempre encontramos um jeito de burlar as regras, tá cheio de gente por aí comprando carteira por mais que tentem impedir fraudes. Acho que é alguma coisa que nasce conosco, uma falha de caráter, todo mundo aqui nasce pensando que é o Senna e que as regras ou leis de trânsito não são para eles. Daí pega um carro e acha que é o mais gostoso por isso não para no farol, estaciona em lugar proibido, anda na contra mão e etc como se as regras fossem apenas para os outros... Essa lei é apenas o começo, precisamos de uma mudança de mentalidade, de deixar de pensar apenas em nós, para pensar no bem comum!
Bjo!

NANDO DAMÁZIO disse...

Esta lei já tá reduzindo os acidentes, veio a calhar ..

Sahmany disse...

que isso????
não te proibi de nada não!
Pode ir lá e escancarar!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Carla disse...

Concordo com você, Rose!
Se tem dinheiro pra beber até cair, tem dinheiro pra pegar um táxi e não sair matando inocentes!
O lugar que mais dói no brasileiro é o bolso!
Bjão.

Vieira Calado disse...

Eu, se vou conduzir, não bebo...
Beilihos

NELIO disse...

Pois tem que ser seca mesmo,evitará muitas mortes na estrada.....

Osc@r Luiz disse...

Não sou do contra não.
Concordo, embora alguns mais responsáveis tenham que pagar pelos absurdos cometidos pelos outros.
Agora, a pergunta que não quer calar:

"Com a Lei Seca, quem vai transar com as feias????"

Hahahahahah!
Beijão!

Tânia Defensora disse...

Querida Rose que bela postagem!
Acho que muita gente critica a lei apenas por criticar, no fundo, no fundo, sabe que a intenção é boa, ou seja, diminuir o número de acidentes.
Mas é sempre assim: a lei serve sempre para os outros, para gente não.
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...