16.5.08

BELO HORIZONTE, CIDADE QUE AMO!Blogagem coletiva, "COISAS DO BRASIL".










Tenho uma paixão enorme por essa cidade, BELO HORIZONTE.
Logo quando disse que participaria dessa campanha "COISAS DO BRASIL", veio-me uma sensação deliciosa de postar algo sobre BH.
Belorizontino tem fama de falar pouco, nosso negócio é ver, ver com as mãos.
Êta cidade bunita, sô!
Em cada esquina há um bar, um café,uma pesoa bonita, uma árvore.
Meu Deus,Como sou apaixonada por "esse trem",essa "coisa"!
Amo cada pedacinho, não só a zona sul ou zona norte.Amo tudo nessa cidade linda.
Daqui saiu artistas que encantam e cantam para o mundo todo:SKANK, TIANASTÁCIA, 14 BIS E tantos outros.O grupo CORPO e o 1ºATO são "coisas" daqui.
Quando estou fora, em outras cidades e vejo uma placa de carro de BH, sinto o quanto é grande a minha paixão e orgulho de morar aqui.
Fazendo este post deu-me uma vontade louca de sair por aqui e me deleitar com um passeio pelas ruas.Estou começando á ficar empolgada, então chega!

---HISTÓRIA:--------------------------------------------------------------------------------
Foi à procura de ouro que, no distante 1701, o bandeirante João Leite da Silva Ortiz chegou à serra de Congonhas. Em lugar do metal, encontrou uma bela paisagem, de clima ameno e próprio para a agricultura. Resolveu ficar: construiu a Fazenda do Cercado, onde desenvolveu uma pequena plantação e criou gado.
O progresso da fazenda logo atraiu outros moradores e um arraial começou a se formar em seu redor. Viajantes que por ali passavam, conduzindo o gado da Bahia em direção às minas, fizeram da região um ponto de parada.
O povoado foi batizado de Curral del Rei. Da serra de Congonhas mudou-se o antigo nome: é hoje a nossa Serra do Curral. Nossa Senhora da Boa Viagem, a quem os forasteiros pediam proteção, tornou-se padroeira do local.
Belo Horizonte foi inaugurada a 12 de dezembro de 1897, por uma exigência da Constituição do Estado. Entretanto, parte de suas construções não havia sido concluída e algumas de suas ruas e avenidas eram apenas "picadas" abertas no meio do mato. A crise econômica que tomava conta do país e do Estado tinha feito com que muitas obras ficassem paralisadas, à espera de recursos. O comércio e a indústria ligada à construção civil, que tinham se desenvolvido bastante nos anos anteriores, agora enfrentavam dificuldades. A cidade não se industrializou no ritmo que se esperava e permaneceu sem atividades econômicas expressiva durante anos. Os trabalhadores foram os mais prejudicados os que não perderam o emprego tiveram seus salários atrasados durante meses.
Tudo isso contribuía para tornar a Capital uma cidade entediante e sem graça. Sua aparência inacabada e empoeirada dava a impressão de abandono. As ruas e avenidas largas demais para uma população não muito numerosa pareciam estar sempre vazias. Para piorar a situação, as diversões eram poucas e não conseguiam espantar a decepção e a tristeza dos primeiros habitantes.
Na área central, a Rua da Bahia era território de elite. Nela, ficava o único teatro da cidade o Soucasseaux, uma espécie de um barracão coberto de zinco, onde se apresentavam companhias de teatro e música e onde se improvisava um botequim. Nessa rua também ficavam os principais bares e cafés, lugar onde os homens se encontravam para conversar, falar de política e da vida. Ao anoitecer, a rua virava palco para o footing (moças e rapazes desfilavam, trocando olhares, numa espécie de namoro bem comportado).

16 comentários:

Adri /Dri /Drika disse...

Rose tenho muita vontade de conhecer BH, as imagens são lindas.

Osc@r Luiz disse...

Só passei por Belzonte uma vezinha só...
Preciso voltar.
Tem muita gente querida aí!
Parabéns pela participação!
Beijão e ótimo final de semana.

Carla disse...

Como você, amiga, adoro BH!
Nossa cidade é tudibom; claro que tem suas dificuldades como toda cidade grande/capital, mas.... o melhor lugar do mundo é aqui!
Bjao e otimo findi.

Andréa Motta disse...

Minha amiga Erika, do blog Oncotô, vive me cobrando uma visita a BH; acho que agora eu vou.
Obrigada por participar da coletiva.

Renata Cordeiro disse...

Agora cinco, Rose. Que bonito! Conheço a sua terra e a amo!Vamos trocar figurinhas?
Eu te visito, vc me visita.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Beijos
Renata

NANDO DAMÁZIO disse...

Rose, adorei a forma apaixonada como você descreveu sua cidade, e a lindas imagens complementaram o texto ..
Não conheço, mas com certeza BH é uma cidade que não posso morrer sem conhecer, hehe ..
Beijão e bom findi !!

Nelio disse...

Rose que carinho,amei a forma como descreveu sua cidade do coração e também quero conhecer,tou pegando esse train,bom final de semana,beijos sapecas estão chuvendo por aí ,apanhe são meus..... hahaha

Mylle Li disse...

Estou visitando as pessoas que participaram da blogagem coletiva, que também participei.
Muito linda a sua cidade, como disse o Nando, muito bonita a forma apaixonada que vc a descreve.
Abraços!

Ronald disse...

BH não conheço mas, a grandiosidade de seu povo, isso sim pois tenho vários amigos aqui em Foz que são daí, uai...

Suelly Marquêz disse...

Bom Dia, Rose,
não resiti, estva voltando de Maceio quando ouvi o comandante dizendo que pousaaria no aeroporto da PAMPULHA
Carlos Drumond de Andrade, menina, aí foi muito!
falei mas o que é isto que horas vou chegar em Uberlandia, gente?
a mocinha de serviço á bordo, disse me,
não se preocupe senhora está tudo bem, aproveite e relaxa, rsrsrsrsrs
mas eu não aguentei pedi pra desembarcar e resolvi remarcar minha volta pra proxima sexta feira porque daí já parto pra CABO FRIO DIRETO DAQUI, NÊ
vou curtir a capitl graças á voce minhaamiga,
obrigado
suellymarquêz das geraes

Alec - Infaces disse...

Querida... Mais uma vez sinto-me fascinado.
Antes pelas imagens, sempre muito bem escolhidas e únicas. Hoje pelo jogo de letras.
Um dia, num futuro, quem sabe próximo, espero visitar BH.

cris disse...

Sabe Rose, conheço bem sua linda cidade...
Em uma época muito feliz da minha vida, todos os anos passavas ao menos uma semana de férias por aí! Era uma época muito feilz mesmo, e acabei conhecendo bem, agora já faz muito tempo que não vou, é capaz de não reconhecer mais... Mas ainda tenho parentes em BH!
Bj!

cris disse...

Sabe Rose, conheço bem sua linda cidade...
Em uma época muito feliz da minha vida, todos os anos passavas ao menos uma semana de férias por aí! Era uma época muito feilz mesmo, e acabei conhecendo bem, agora já faz muito tempo que não vou, é capaz de não reconhecer mais... Mas ainda tenho parentes em BH!
Bj!

Tânia Defensora disse...

Oi Rose!
Só agora estou conferindo a blogagem coletiva.
Eu não tinha idéia da grandeza de BH.
Quantos prédios hein?
Parabéns pela sua contribuição e demonstração de carinho pela sua terra.
Beijão

Francine Esqueda disse...

Que demais!!!
Um dia quero visitar Belo horizonte!!! Adorei as imagens!!!
Bjus

Anônimo disse...

ROSE

SEGUE LINK DE MAIS UM POST SEU PLAGIADO

http://mylifepalavrassmagicasparte1.blogspot.com/2011/06/e-bh.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...