26.5.08

SOLIDÃO.


Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo... Isto é carência.
Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar... Isto é saudade.
Solidão não é o retiro voluntario que a gente se impõe, as vezes, para realinhar os pensamentos... Isto é equilibrio.

Solidão não é o claustro involuntario que o destino nos impõe compulsoriamente para que revejamos a nossa vida... Isto é um principio da natureza.

Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado... Isto é circunstância.

Solidão é muito mais do que isto.

Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma.
---------------------------------------------------------------------------------
Recebi por e-mail.
Vera, mais uma vez obrigada, fofinha!

9 comentários:

Espaço do João disse...

Quantas e quantas vezes pedimos solidão? Solidão muitas das vezes é parar para pensar. É esquecer os males que nos afrontam. É esperar que uma alma caridosa venha ter connosco. É estar sem pensar no que nos poderá acontecer. É também reviver o passado. Um beijo papai joão

Dama do Lago disse...

Dá que pensar... falar sobre a Solidão é como falar sobre o Amor: pode-se falar eternamente e nunca conseguir dizer tudo.

Vieira Calado disse...

Também cá venho para desejar boa semana.
Bjs

cris disse...

O pior e sentir-se só mesmo rodeada de gente...

Florescer disse...

Solidão...
É aquela que nos faz sentir pequeninos...
É aquela que não nos deixa viver...
É através dela que nos deixamos levar...
E muitas vezes nos deixamos morrer...

Não podemos deixar que ela nos transforme, sob pena de nunca mais se lembrarem de nós...

Carla disse...

A solidão é só uma ausência de nós mesmos.
Às vezes, é importante a gente ter esses momentos, né?
Bjo.

Osc@r Luiz disse...

Solidão é uma coisa que quem tem blog não conhece...
Beijos, querida.
Trouxe o meu filho pra dar comida pras suas tartatrugas... Espero que não fiquem obesas.
Beijão!

Tânia Defensora disse...

Oi Rose!
Li todos os seus posts.
Amei as violetas. Me fez lembrar de um livro espírita que eu li: Violetas na Janela.
E sobre a solidão, acho que ela é necessária em certas ocasiões.
Beijoca

anete joaquim disse...

A solidão é um peso muito grande para se carregar sozinho!
Vim dar uma olhada no teu blog. Como sempre, lá continuas com os teus ensinamentos, que sempre sabem bem. A minha quinta também está infestada de formigas. Nem sei de onde aparecem. Enfim, também não me tenho preocupado muito com elas. Estou numa de deixar a Natureza seguir o seu curso e só as mato quando me querem dar cabo das plantas.
Um beijão
Vou ao blog do joão.
Há tanto tempo que não navegava nestas ondas de amizade! Culpa minha. É a vida a chamar por mim.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...